Blog antecipou que gasolina deveria já custar 6,10 em Natal; rede de distribuição/venda de combustível embolsa desconto do ICMS

Segunda feira (veja o tweet abaixo) este blogueiro estimou, em seu twitter e aqui no blog, que a gasolina era para cair a 6,10. Ontem, quarta feira (6), o ministério de Minas e Energia estimou que o preço deveria ser de 6,13 para o RN.

Até agora, estado e municípios diminuíram suas arrecadações através do ICMS, cortando gastos com saúde, educação e segurança, para que distribuidoras e donos de postos recompusessem suas margens de lucro.

O preço da gasolina cobrado em Natal está hoje em uma média de 7 reais por litro.

Os consumidores acham que o preço da gasolina caiu de r$ 8,20 para r$ 7 em decorrência do corte do ICMS, quando na verdade se deveu ao fato de que o governo federal zerou seus impostos. A rede de formação de preço se aproveita da baixa informação e poder de pressão limitadopara que o valor não caia a um patamar inferior ao que o consumidor já está acostumado. Com isso, embolsa o desconto estatal.

Será necessária muita pressão para que de fato todo o desconto seja repassado. Até o presente momento tiramos recursos da escola de tempo integral, por exemplo, para entregar nas mãos da distribuição de combustível.

Deixe um Comentário