Bolsonarismo ensandecido local atenta contra a saúde pública, atacando vacinas aprovadas pela anvisa

O bolsonarismo ensandecido local não tem vergonha, nem responsabilidade, nem limite.

Os seus representantes, que inicialmente negaram a pandemia (lembra caro leitor, que hospital de campanha era desperdício) passaram toda a crise, empurrando cloroquina e ivermectina mesmo com Anvisa, a OMS e todo o restante do mundo dizendo o contrário. As consequências são conhecidas.

Posteriormente, tentaram alegar que o presidente Jair Bolsonaro não comprou vacina, dado que esperava aprovação anterior da Anvisa. Ora, trata-se de argumentação falsa, já que a feitura do contrato de compra não dependia da agência sanitária. Ela só se manifesta para o momento do uso, conforme o seu diretor geral, Antônio Barra Torres, enfatizou em seu depoimento à CPI da Covid 19.

Ainda assim, todo um discurso de apoio à Anvisa foi embalado na questão da compra e aquisição de vacinas.

Agora, quando o governadores, inclusive do RN, conseguem adquirir vacinas próprias, através da Sputnik V russa, vem o desprestígio da agência sanitária. A anvisa autorizou. Porém, pelo discurso de ocasião, a vacina não presta e as pessoas serão cobaias.

Não adianta procurar coerência, até porque ela não existe. A única linha que move é a politização da pandemia e a busca por deslegitimar a ação feita por terceiros, que, aliás, era para ter sido produzida exclusivamente pelo governo federal.

Por fim, o ataque contra a vacina é que ela foi cara. Ora, sua dose custou 9,95 dólares. Trata-se do preço de mercado. A Coronavac custa 10,30 dólares uma dose.

Estranhamento, porém – ou de modo significativo -, nada é dito contra a compra da vacina indiana covaxin, anunciada por Jair Bolsonaro como a ser adquirida ainda na fase três e sem aprovação da anvisa. Detalhe, ela é a mais cara hoje comprada pelo governo federal. Cada dose custou 80 reais. Ou seja, mais de 15 dólares por dose.

Caro leitor, se sua vez chegar e esta vacina estiver disponível, tome. Ela já foi aprovada em setenta países, praticamente, inclusive pela nossa anvisa. Ela passou por todas as fases de teses.

Não arrisque a sua vida pela opinião de boçais ignorantes.

Deixe um Comentário