Bolsonaro admite não indicar filho para embaixada dos EUA

Diante da possibilidade de ter o nome do filho, Eduardo Bolsonaro, recusado pelo senado, Jair Bolsonaro admitiu rever a indicação do dito cujo para a embaixada dos EUA.

Ele precisa de 41 votos no senado e tem apresentado dificuldade de reunir a quantidade de votos. A consultoria do senado considerou a indicação um ato de nepotismo.

Deixe um Comentário