Bolsonaro agora diz que a urna eletrônica é segura e aumento dos combustíveis é culpa da Petrobras

Em suas manifestações recentes, o presidente Jair Bolsonaro mudou de opinião. Disse agora que as urnas eletrônicas são seguras. Segundo ele, as forças armadas participarão da eleição e isto garante a lisura do acompanhamento do processo, como se antes não existisse fiscalização de dezenas de organizações.

Em outro oportunidade, após mais um aumento dos combustíveis anunciado pela Petrobras, ele culpou a empresa pela elevação do preço do produto.

Após gerar crises e mais crises, tentar queimar a imagem do tribunal superior eleitoral, porque agora achar que tem chances de vencer a eleição, altera a opinião com a cara mais lisa. Sabe qual será a consequência? Nenhuma.

Além disso, Bolsonaro tentou jogar os cidadãos contra o ICMS nas figuras dos Estados. Agora muda tudo e admite o papel central da Petrobras na elevação dos preços dos combustíveis.

Não teria sido melhor tentar resolver, ao invés da geração da paralisia e da produção de crises? Sim, mas aí não seria Bolsonaro. E o seu eleitor? Obviamente mudará de opinião conjuntamente e fará de conta que não endossou mentiras.

Deixe um Comentário