Bolsonaro, um candidato na presidência

O presidente Jair Bolsonaro não é um presidente em busca da reeleição. Se fosse isto, seria a lógica. Realizar ações em prol da aprovação posterior nas urnas. Ele é um candidato na presidência.

Sua agenda e aparições se restringem basicamente a propagandear o ato de 7 de setembro em que pressionará os poderes.

Conta de energia? Inflação? Fome? Pandemia? O candidato não passa nem perto disso.

Irá assim até o fim do mandato. Cavalos de batalha constantemente sucedidos para manter a base ativa e tumultuar o processo eleitoral – ataque ao STF, voto impresso, 7 de setembro.

Hoje, ele foi até Uberlância? Compromisso? Empunhar bandeira e tirar foto como medida de chamamento para protesto a favor dele e contra os poderes.

Em Uberlândia, Bolsonaro anda a cavalo e empunha mastro com bandeira do Brasil

Do Poder 360

Ao chegar em Uberlândia nesta 3ª feira (31.ago.2021), o presidente Jair Bolsonaro andou a cavalo, cercado por seguranças, em meio a apoiadores. No momento, o chefe do executivo empunhou um mastro com a Bandeira do Brasil.

O presidente Jair Bolsonaro ao andar de cavalo em Uberlândia (MG)

Sem máscara, aos gritos de “mito“, mais cedo, o presidente também cumprimentou seus apoiadores, tirou selfies e pegou crianças no colo.

Bolsonaro foi à Minas Gerais para participar da cerimônia de inauguração do Complexo de Captação e Tratamento de Água Deputado Luiz Humberto Carneiro.

Em sua página no Facebook, Bolsonaro anunciou que iria à Uberlândia com a publicação de um vídeo com um compilado de fotos antigas, entre elas, da facada em 2018, durante período eleitoral e da recuperação durante estadia no hospital de Juiz de Fora. Ao fundo, uma música na voz de César Menotti e Fabiano que fala sobre superação de obstáculos.

“Lembra de onde você veio e aonde que você chegou. Lembra de todos livramentos que você já passou. Não era para você estar aqui, mas Deus falou assim: esse aí, eu vou levantar”, diz a letra da música.

Deixe um Comentário