Cadê o escola sem partido?

Áudio veiculado pela imprensa em que demonstra que pastores comandam recursos do ministério da educação e desviam verbas para os seus propósitos religiosos escancara tráfico de influência, aparelhamento e corrupção no setor.

O movimento escola sem partido até agora não se manifestou. Será que só enxergam “doutrinação” se verbas forem destinadas para pesquisa em ciências humanas?

Deixe um Comentário