Chefe do coaf pode ser exonerado por críticas contra decisão que ajudou filho de Bolsonaro, diz Folha

Roberto Leonel, chefe do conselho de controle das atividades financeiras (coaf) e indicado de Sérgio Moro, se encontra em situação política delicada.

Motivo: criticou decisão do STF que beneficiou filho do presidente, paralisando investigação contra ele.

Conforme matéria da folha de hoje, há pressão pela sua exoneração.

Deixe um Comentário