Coisa de maluco

COISA DE MALUCO

Acho que vou seguir um conselho que me foi dado essa semana e não mais acompanhar as redes bolsonaristas. Faço isso porque quero entender o sentido das coisas, mas é um negócio de maluco.

Os mais radicais passam o dia espalhando notícias falsas, pregando a morte de opositores e, de vez enquando, postam fotos da família. Fazem isso e pensam que estão produzindo um bem pra humanidade. Daí o engajamento.

A estética dos banners e vídeos é de alarmismo, muita violência, uso de letras com cores chamativas e garrafais. A lógica é de tratar o oponente como uma praga. Já viram propagandas de empresas que cuidam de pragas urbanas? Pronto, é mesmo que está vendo. Não meio de tudo, não faltam citações de encorajamento diário, bons modos e sobre os ensinamentos de Jesus.

Deixe um Comentário