Derrotado na câmara, Bolsonaro conseguiu plantar a dúvida contra a democracia

Mora no jardim da infância ou no reino dos bobos interessados quem acreditou que, de fato, existia qualquer intenção por parte do presidente Jair Bolsonaro de alterar o voto para o formato impresso. Sua cruzada é golpista. Construir um subterfúgio para questionar uma possível derrota em 2022. E, ainda que derrotado na câmara por um placar de 229 favoráveis e 218 contrários, que é insuficiente para aprovar a mudança, ele já plantou a dúvida contra a democracia em parte da sociedade brasileira.

O presidente terá discurso para continuar nas suas insinuações e arroubos antidemocráticos. Apesar do presidente da câmara, Arthur Lira, alegar que a votação na câmara finalizaria a polêmica, Bolsonaro já amanheceu dizendo que as eleições de 2022 não terão legitimidade. Trata-se de uma forma de continuar com sua estratégia de radicalização, além de colocar para o décimo plano os verdadeiros problemas do país – fome, inflação, desemprego, etc.

Deixe um Comentário