Deu o óbvio

DEU O ÓBVIO

A polícia federal, instituição subordinada ao ministério da justiça de Sérgio Moro, descobriu o óbvio. Eu já tinha levantado a hipótese no blog algumas vezes.

O advogado de Adélio Bispo, o autor do atentado contra Jair Bolsonaro no período eleitoral, tomou parte no caso por iniciativa própria em busca de holofotes. A ação é comum em processos com grande repercussão midiática. Nada de conspiração esquerdista mundial.

Mas, claro, aparecerá quem acredite que a PF, o Sérgio Moro, a junta médica que deu parecer pela insanidade mental de Adélio, a justiça, o Ministério Público, enfim, todos participam de um grande complô. Fatos viraram detalhe.

Deixe um Comentário