Duas candidaturas ao senado na base lulista ajudam Rogério Marinho

A disputa para o senado no RN tem um contorno bem delineado. Pré-candidato pelo bolsonarismo, Rogério Marinho alcançará cerca de 1/3 dos votos e isto só será suficiente para vencer se a base de Lula no estado se dividir.

Como a eleição é majoritária de apenas um turno, Marinho depende da divisão dos votos do eleitorado lulista, que é superior em quantidade ao do bolsonarismo, em duas ou mais candidaturas.

A situação é remota, mas se caso tivermos uma candidatura de Carlos Eduardo e outra de Rafael Motta, ambos bebendo na fonte lulista, o cenário seria mão na roda para Rogério Marinho.

Deixe um Comentário