Em visita ao RN, presidente da caixa se reuniu em segredo com empresários da construção e falou: ou vocês pressionam os deputados pela reforma da previdência ou podem mudar de ramo

Quem acompanha os jornais leu sobre a visita do presidente da caixa, Pedro Guimarães, ao RN. Na ocasião, ele anunciou, no dia 26 de abril, investimentos no estado. O que não se sabia até o momento é que ele também se reuniu com grandes empresários do RN num hotel da cidade do Natal.

Antes de qualquer coisa e cheio de seguranças, mandou todos deixarem seus aparelhos telefônicos na recepção. Só assim eles poderiam entrar na sala em que se deu a conversa.

Os principais donos de construtora estavam lá, conforme o potiguar soube por duas testemunhas.

O recado foi rápido e claro: Guimarães disse que o dinheiro tinha acabado e que era fundamental que os empresários pressionassem os parlamentares do RN em favor da reforma da previdência. Se não, eles poderiam mudar de ramo pela razão de não existir mais recursos para financiamento. Também avisou que trocasse de atividade econômica aquele que atuasse nas faixas 1 e 1,5 do minha casa, minha vida, pois elas vão acabar.

Alguns empresários ficaram espantados, outros dispararam perguntas mais fortes. Mas o presidente da caixa disse que, ou a reforma é aprovada, ou o Brasil irá parar.

Deixe um Comentário