Estátua da Havan acabou com a entrada de Natal

Só ontem vi essa estátua da Havan instalada. Que coisa brega. Que coisa ridícula. E pior: ela foi posicionada mesmo na entrada de Natal. Acabou com a paisagem inicial da cidade. Quem ingressar na dita capital do sol não verá mais com destaque os Reis Magos ou o monumento da estrela, mas um dos símbolos máximos dos EUA.

Não entendo como um grupo de pessoas que se diz patriota, na qual o dono da Havan alega se situar, adora símbolos de outros países.

Fui alertado em meu twitter que a obra trará empregos para a cidade. Ora, claro que isto é positivo. Investimentos devem ser bem vindos. Só que, primeiro, a Havan também virá ganhar dinheiro na cidade. Não é uma crítica, mas igual constatação. E, segundo, é possível debater uma intervenção urbana dessa magnitude desvinculada da boa e legítima necessidade da formação de novos postos de trabalho. Quem junta tudo usa, na verdade, de um ponto (empregos) para legitimar o outro (intervenção urbana) sem que os dois tenham uma vinculação necessária.

Imagem: Novo Notícias

Imagem

Deixe um Comentário