EUA mandam sua cloroquina para ser utilizada no Brasil

Após a organização mundial de saúde anunciar a suspensão do uso da cloroquina no combate ao coronavírus, pela ausência de comprovação científica e consequentes resultados adversos, o presidente Jair Bolsonaro divulgou que os EUA irão enviar 2 milhões de comprimidos para o Brasil.

Os EUA mesmo estão abandonando também o medicamento e aplicando o remdesivir em seus pacientes. A França, onde a cloroquina se originou como protocolo no combate à covid-19, também proibiu a utilização do remédio entre os atingidos pela pandemia.

Deixe um Comentário