Fake news mata: 80% dos mortos por covid são de não vacinados

Conceder espaço para jornalistas e médicos que falam contra vacinas mata, da mesma maneira que afiançar que ivermectina protegia contra covid. Representa, sem exagero, patrocinar a morte de terceiros. Os dados são insofismáveis – 80% dos mortos por covid vêm de não vacinados. É dado é de base de coleta de informações da USP e foi divulgado pelo portal Uol. Os que recusam as vacinas são, em sua maioria, desinformados e/ou adeptos de teorias conspiratórias.

Deixe um Comentário