Folha de SP: Prefeito de Natal afrouxa medidas restritivas mesmo com 84 pacientes na fila por UTI

Folha: Além das divergências entre governadores e Bolsonaro, outro foco de crise é dos estados com prefeituras. No Rio Grande do Norte, Álvaro Dias (PSDB), prefeito de Natal, e lideranças de prefeituras do interior se rebelaram contra as medidas restritivas impostas pela governadora Fátima Bezerra (PT).

Eles assinaram decreto permitindo o funcionamento de bares e restaurantes todos os dias da semana até às 21h. Shoppings também estão liberados entre 09h e 20h. Dos 22 hospitais do estado, 17 estão com 100% de ocupação. Na região metropolitana de Natal, 84 pacientes aguardam leito de UTI e há falta de alguns equipamentos.

A secretária-adjunta estadual de Saúde Maura Sobreira afirma que será uma catástrofe caso as medidas restritivas não sejam mantidas. “A situação já está de crise, de caos. Nós não conseguimos equacionar a abertura de leitos com a liberação da circulação de pessoas”, diz ela.

Deixe um Comentário