Governo do RN quer exigir passaporte vacinal em bares e restaurantes, afirma Fecomércio/RN

Certíssimo. Não quer se vacina, não tem problema. Agora, ninguém é obrigado a correr esse risco junto com quem quer ser contaminado.

As pesquisas já mostram que não vacinados transmitem mais e por mais tempo a covid 19. Logo exigir o passaporte se torna uma obviedade.

Da Tribuna do Norte – Uma reunião foi realizada na manhã desta segunda-feira (17) entre entidades empresariais e empreendedores do segmento de eventos para discutir as recomendações do Comitê de Especialistas da Secretaria de Estado de Saúde Pública do RN (Sesap) para o enfrentamento da pandemia da Covid-19 e do surto de Influenza. A reunião foi conduzida pelo secretário-chefe do Gabinete Civil do Estado que destacou o interesse da administração estadual de exigir o passaporte vacinal em bares e restaurantes.

Adriano Abreu

“O passaporte da vacinação é uma medida já implementada, mas é fundamental que haja reforço em todos os estabelecimentos. Para eventos de grande porte, analisamos recomendar aos municípios a proibição dos eventos de rua, em virtude da dificuldade desse controle”, informou o secretário à comunicação da Fecomércio/RN.
A reunião foi solicitada pela entidade a partir das recomendações do Comitê Científico divulgadas no dia 13 de janeiro, em resposta ao aumento de casos das doenças no estado. A entidade empresarial se mostrou preocupada com eventuais impactos negativos, particularmente no setor de eventos.  O presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destacou a importância da manutenção do diálogo com a classe produtiva. “É preciso chegarmos a um entendimento de medidas que possam conter os avanços dessas doenças, mas que mantenham as atividades produtivas, que já foram tão impactadas desde o início da pandemia. Os empreendedores, em sua maioria, têm seguido os protocolos e estão empenhados no cumprimento das regras”, afirmou. 
O Governo irá, agora, detalhar ajustes na exigência do passaporte vacinal para os segmentos de Bares e Restaurante, bem como mapear a agenda de eventos corporativos previstos para o RN nos próximos 30 dias. A intenção que uma nova reunião de alinhamento posso ocorrer nos próximos dias, a fim de tratar o posicionamento final do Governo.  

Deixe um Comentário