Gustava Carvalho queima Rogério Marinho ao apresentar seu nome para o senado há dois anos da disputa

O deputado estadual Gustavo Carvalho lançou o ministro Rogério Marinho ao senado. Alega que será o candidato do PSDB. Isto há dois anos da eleição.

Ora, apresentar um nome tão antes do pleito pode até gerar resultado positivo, mas quase sempre só serve para queimar o postulante. O itinerário é grande.

Vale ressaltar ainda que não se sabe ao certo se Marinho estará no PSDB em 2022. Ele pode seguir Jair Bolsonaro, que ingressará num novo partido em março de 2021, conforme alegou em entrevista.

Se não quis queimar Rogério, Carvalho pode ter servido como porta voz para verbalizar a vontade de outro parlamentar, mais especificamente de quem hoje o lidera no RN. O Potiguar acredita mais nessa hipótese.

Deixe um Comentário