Haroldo Azevedo e o discurso sobre o “choque da gestão”

O pré-candidato ao governo do RN, o empresário Haroldo Azevedo, disse que o RN precisa de um “choque de gestão”. Até ontem com cargos no governo estadual, ao mobilizar tal discurso, fica patente que falta ao empresário uma fala capaz de atingir aquilo que a grande maioria da população precisa – desenvolvimento, emprego e renda.

A retórica não é nova. Quando mobilizada por postulações com perfil semelhante do passado, não conseguiu ultrapassar a bolha situada entre os cafés da avenida Afonso Pena.

Deixe um Comentário