Interdição do luto como consequência da naturalização das mortes na pandemia

O governo se associou tanto a uma ideia de normalização da pandemia e das mortes, que se encontra obrigado agora a combater qualquer ação de lamento, tristeza, luto e/ou perplexidade.

Com a chegada da triste marca de 500 mil mortos, membros da base de Bolsonaro foram para as redes criticar quem lamentou a situação do Brasil na pandemia.

Deixe um Comentário