Investigação contra Marcelo Ribeiro Dantas conclui que não há nada que desabone sua conduta

Quem indica um membro para um tribunal superior, assim o faz a partir de suas características e preferências ideológicas. Sem desconsiderar o notório saber, o mandatário pode escolher um juiz mais conservador, mais liberal, mais punitivo ou garantida.

Em delação, o ex senador Delcídio do Amaral alegou que o hoje membro do STJ Marcelo Javardo Ribeiro Dantas foi escolhido por ser um garantista, uma forma de brecar à lava jato.

Pois bem, após o nome do juiz ser posto na lama, hoje a PF conclui que não há nada que desabone a conduta de Ribeiro Dantas.

A delação de Delcídio e de outros devem ser melhor explicadas, pois estão sendo desmentidas pelas investigações.

Deixe um Comentário