IPCA aumenta e inflação de março é a maior desde 1994

Pexels
Pexels

Da TV Cultura – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado como amostra oficial da inflação no Brasil, subiu para 1,62% em março, segundo publicação do IBGE desta sexta-feira (8). Esse é o maior índice para o mês desde 1994.

No período de um ano houve um crescimento de 11,30%, é o maior aumento registrado desde outubro de 2003 (13,98%).

Com o número de março, são 7 meses em sequência onde a inflação atinge mais de 10%. A meta do governo para a inflação em 2022 é de 3,5% sendo a variação entre 2 e 5% aceitável. O Banco Central, no entanto, alertou que o IPCA deve passar essa meta pelo segundo ano seguido.

Os setores que mais impactaram esse valor foram o do transporte, com aumento de 3,02%, e de alimentação e bebidas, com 2,42%. Especialistas apontam que a alta do valor do combustível teve impacto direto no aumento desses preços.

gasolina apresentou um crescimento próximo aos 7%. Além dela, o gás de cozinha (6,75%), o gás veicular (5,29%), etanol (3,02%) e diesel (13,65%) também apresentaram crescimento significativo.

O IBGE agrupa nove conjuntos de produtos e serviços para avaliar a média da inflação no país. Dos nove, oito tiveram alta, sendo as maiores no grupo de transportes (3,02%), alimentação e bebidas (2,42%) e vestuário (1,82%). O único setor sem crescimento foi o de comunicação (-0,05%).

Deixe um Comentário