Já são 5 dias em que tiramos recursos de escola de tempo integral, do posto de saúde e da viatura que passa na sua rua para recompor o lucro da rede de formação do preço dos combustíveis

Conforme o blog o potiguar adiantou, o preço do litro da gasolina, após impostos federais zerados e o recente desconto no ICMS dos combustíveis, deveria ficar na casa dos r$ 6,10 centavos. Quarta feira (6) o próprio ministério de minas e energia emitiu comunicado de que a gasolina deve cair ao patamar de r$ 6,13, dado bastante próximo daquilo que foi dito pelo blog.

Ora, até o presente momento esse valor não foi atingido. O corte do ICMS passou a vigorar no início da semana. No entanto, o preço praticado em Natal se encontra na casa – mais otimista – de r$ 6,76. Ou seja, já são cinco dias em que o corte do ICMS, que torna possível a escola de tempo integral, o posto de saúde do seu bairro e a viatura de polícia que passa na sua casa, está servindo para recompor a margem de lucro da rede de formação de preço dos combustíveis – distribuidoras, fretes, postos de gasolina.

Deixe um Comentário