Líder religioso dos EUA que fazia campanha contra vacina na TV morre de Covid-19

Da Revista Isto É – O líder religioso Marcus Lamb morreu aos 64 anos, semanas depois de contrair a Covid-19. O presidente e fundador da Day Star Television sempre se opôs a vacinação contra a doença. A rede de televisão chegou a dedicar horas de transmissão a ativistas e grupos anti-lockdown e antivacinação.Reprodução/ Instagram© Reprodução/ Instagram Reprodução/ Instagram

“É com o coração pesado que anunciamos que Marcus Lamb, presidente e fundador da Day Star Television, voltou para casa de Deus nesta manhã. A família pede que a privacidade seja respeitada neste momento de luto de uma perda tão difícil. Por favor, continuem a colocá-los nas suas orações”, informou a emissora nas redes sociais.

O filho de Lamb, Jonathan Lamb, substituiu o pai em uma transmissão da Daystar de 23 de novembro e implorou aos ouvintes que orassem pela recuperação dele.

De acordo com a esposa de Marcus, Joni Lamb, o marido tinha diabetes e desenvolveu uma pneumonia após ser diagnosticado com Covid-19. “Ele acreditava 100% em tudo o que falamos aqui na emissora. Continuamos acreditando nisso, obviamente”, afirmou a viúva.

Deixe um Comentário