Lupa nos contratos do Estado com as cooperativas médicas na secretaria de saúde

Uma fonte bem posicionada no ninho petista passou uma informação importante, sob a condição do anonimato, que preocupa a equipe de Fátima, em especial no âmbito da Saúde.

Há vários contratos entre o Estado e as cooperativas médicas que serão revisados. A crítica por parte dos técnicos que avaliaram os contratos acontece porque, segundo eles, não há critérios objetivos para a aquisição dos serviços.

A fonte me passou um exemplo. Há vagas de UTIs contratadas por um valor e outras por outros valores bastante distintos.

A saúde estadual recebeu recursos extras do governo federal em 2017 e 2018. A preocupação é que, sem a perspectiva de receber verba voluntária em 2019, esses contratos comprometam a capacidade de honrar os pagamentos no setor no ano corrente.

Deixe um Comentário