Membros da oposição tentam nacionalizar seus nomes polemizando contra Bolsonaro

Após a ampliação do nome do governador do Maranhão, Flávio Dino, por ter recebido ataques do presidente Jair Bolsonaro, que o chamou de “governador de Paraíba”, os demais membros da oposição sentiram que há um espaço a ser ocupado.

Rui Costa, governador da Bahia, chamou Bolsonaro de caloteiro. Ele alega que o governo federal tem dívidas com o seu Estado. É uma forma de receber a atenção dos jornais e popularizar o nome entre os que reprovam Bolsonaro.

Na política radicalizada, ganha quem grita mais. E o gesto não vem se restringindo, a bem da verdade, ao destemperado presidente.

Deixe um Comentário