Não foi só o Deltan, mas toda a imprensa foi condenada no caso do PowerPoint

O procurador da lava jato foi condenado a pagar 75 mil reais de indenização ao ex-presidente Lula pelos danos morais gerados pelo PowerPoint que o membro do ministério público produziu contra ele.

Vale lembrar que toda a imprensa apoiou na época. A sentença, na prática, também a alcança e mostra o nível de apuração que foi feita por jornalismo lavajatista.

A jornalista do Globo Malu Gaspar tece comentário sobre o PowerPoint em 2016. Veja abaixo.

Deixe um Comentário