Nova pílula contra covid tem bons resultados em testes, diz Merck

Do Estadão – A Merck apresentou um estudo em uma conferência médica, no início desta quarta-feira, 29, mostrando que seu antiviral experimental contra a covid-19, administrado de forma oral, é ativo contra as variantes do vírus que provocam doença. O produto, conhecido como molnupiravir, é um dos vários antivirais em desenvolvimento para tratar e mesmo impedir a covid-19.Profissionais de saúde em área externa de leito de UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. © Daniel Teixeira/Estadão Profissionais de saúde em área externa de leito de UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

Dados sobre alguns dos medicamentos em teste, entre eles o da Merck e o da Pfizer, devem ser divulgados em breve. Executivos das duas empresas dizem que pretendem apresentar um pedido para uso emergencial antes do fim deste ano.

Os remédios têm um grande potencial, no momento em que o mundo se adapta para uma ameaça endêmica da covid-19. Mesmo se eles forem apenas moderadamente eficazes, deve haver enorme demanda global, com pacientes e governos buscando ao máximo reduzir as vítimas do vírus.

O estudo novo apresentado pela Merck mostra que seu medicamento continua a funcionar contra as mutações existentes do vírus. /Dow Jones Newswires

Deixe um Comentário