O despiste de Álvaro Dias para se distanciar da oposição

O prefeito Álvaro Dias disse que apoia candidatura da oposição se o nome for José Agripino, Felipe Maia ou Paulinho Freire, que não são candidatos. Trata-se de subterfúgio para justificar o distanciamento de Fábio Dantas e da oposição. O oferecimento de nome inviável cria só a justificativa.

Álvaro mira em 2026. Quer ser candidato ao governo. E Fátima não poderá mais se reeleger. Se for outro, a opção torna-se viável. Também quer eleger o filho deputado estadual e pleitear a presidência da Assembleia, mirando sobretudo o exercício do segundo biênio (2025-2026).

Deixe um Comentário