O erro de Garibaldi que Fátima não pode cometer

O então governador Garibaldi Alves foi o responsável pela privatização da Cosern. Quando tentou retornar ao governo, perdeu em 2006 para Wilma de Faria.

A privatização foi o mote de Wilma. Naquele momento ela não cansou de perguntar ao seu adversário: cadê o dinheiro da Cosern?

Qual era a ideia? A campanha de Wilma havia constatado por pesquisas que o eleitorado não sabia o que tinha sido feito com o dinheiro da venda da Cosern e isto gerava desconfianças.

A venda de parte da Caern, intenção demonstrada pela gestão de Fátima Bezerra, fará bem a companhia e também ao RN, conforme já defendi em postagem anterior. Porém, tudo deve ser bem explicado: desde o procedimento, até a destinação dos recursos.

Deixe um Comentário