O faz de conta da reforma administrativa e tributária

Não teremos reforma administrativa e tributária nesse mandato de Jair Bolsonaro.

Motivos:

  1. A pandemia só deve arrefecer mesmo em 2022 e o assunto monopoliza a agenda nacional;
  2. A ausência de base coesa não gerá condições para a aprovação das duas reformas;
  3. A proximidade da eleição inviabiliza temas indigestos.

O assunto permanece na imprensa como uma “satisfação” para o mercado desde 2019. Não vai acontecer, mas a perspectiva de que possivelmente venha a ocorrer fica gravitando. Acredita quem quiser.

Deixe um Comentário