O PSL e o timming perfeito de Bolsonaro

O Presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, foi alvo esta manhã de busca e apreensão da polícia federal por ocasião da investigação do chamado laranjal do PSL.

O fato ocorre logo após o presidente Jair Bolsonaro abrir fogo contra o dito cujo, pedindo auditoria nas contas da agremiação e dizendo que irá deixar a sigla.

Antes, o presidente se encontrou com o diretor da polícia federal. O ministro da justiça, Sergio Moro, disse em seu twitter que acessou a investigação, que é sigilosa, e poderia atestar que Bolsonaro não se encontra envolvido.

O timming do presidente da república foi perfeito. Teria sido avisado com antecedência? Certamente, tudo não passa de coincidência. O post termina aqui pois este modesto blogueiro terá de escrever carta para o papai noel.

Deixe um Comentário