O que faremos para controlar as chuvas do ano que vem?

Caro leitor, desde que eu me entendo por gente entre Abril e Junho chove de forma bastante concentrada em Natal e na Grande Natal. Sim, o volume este ano já é intenso, mas não podemos dizer que passamos exatamente por uma novidade. Em 2023 terá tudo de novo. Alguém duvida?

Não é possível dizer que o prefeito Álvaro Dias é unicamente o culpado. Trata-se, como já observado, de problema e histórico. Mas ele é responsável por apresentar uma solução. Afinal, foi eleito para isto.

Ora, se nada for pensado já este ano, em 2023 teremos alagamentos nos mesmos pontos de sempre, riscos para as comunidades já afetadas em 2022 e seremos pegos de “surpresa” novamente, já que não contamos com nenhum sistema de alerta digno de nota.

É fundamental colocar um freio na escalada já banalizada de paralisação temporária em uma região em que moram 40% dos potiguares.

Deixe um Comentário