O que há a nosso favor caso Bolsonaro tente um golpe em 2022

O presidente Jair Bolsonaro já voltou a carga contra a democracia brasileira. Aquela reunião de paz com os presidentes da câmara, do senado e do STF não deu nem para o cheiro.

Recuperado de uma cirurgia que ia fazer e acabou não fazendo, passou a atacar o sistema de votação brasileiro, uma maneira de abrir caminho para possíveis questionamentos futuros.

Mas há algo que pesa em favor da sociedade, a forma com que o próprio presidente desestruturou o estado e não consegue executar questões mais elementares. Vide o que a CPI da covid no senado vem relevando sobre a várzea que foi o processo de aquisição de vacinas. Hoje, a incompetência federal é a maior aliada da democracia brasileira.

Recentemente, por exemplo, o governo esqueceu de comemorar o bi centenário da independência. É um tema que ajudaria inclusive a narrativa pró patriotismo que Bolsonaro diz defender.

Apesar de não ser de bom tom subestimar, se perder ele irá tentar melar o jogo. Só é difícil imaginar uma grande concertação organizada pelo presidente.

Deixe um Comentário