Oposição no RN age como extrema esquerda

A disputa política cria uma situação pitoresca no RN. Um governo dito de esquerda cria um programa de incentivos para disputar em iguais condições com estados vizinhos. Recebe inclusive apoio das empresas e associações empresariais.

No caminho inverso, a oposição, que às vezes até lança mão no conceito lunático de “bolivarianismo” e se apresenta como de “direita”, posta-se contra o programa de incentivos e contra a simplificação e diminuição de impostos. O radicalismo de extrema-esquerda perde.

Aí, ainda mais ironicamente, amanhã alguém falará que as empresas estão indo para Paraíba, Pernambuco e Ceará, fazendo aquela egípcia sobre ter apoiado o que fez os empregos saírem para outros estados.

Deixe um Comentário