Os filhos de Bolsonaro

Seguem polemizando. Hoje, foi a vez de Carlos Bolsonaro desautorizar o ministro Gustavo Bebianno.

Bebianno está sob fogo cruzado após a folha de São Paulo revelar que o PSL, partido de Bolsonaro, utilizou as candidaturas femininas obrigatórias na cota mínima de 30% para movimentar recursos do partido. Bebianno era o presidente do partido durante a eleição.

Bebianno, para mostrar força, disse que tinha falado com Bolsonaro três vezes e que estava tudo bem. Carlos o chamou de mentiroso no twitter e o pai compartilhou a informação.

Deixe um Comentário