Avatar

Papéis da JBS revelam repasses para Cunha ‘comprar’ deputados

/

Os delatores da JBS entregaram novos documentos à Justiça e neles estão discriminados repasses a Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara, hoje na cadeia. Segundo a Época, ele distribuía a propina paga pela empresa para “comprar” deputados.

A reportagem da Época afirma que Joesley Batista, dono da JBS, repassou a quantia de R$ 30 milhões ao ex-deputado, que teria e escolhido a dedo a quem repassar as porções do valor, usado para bancar sua eleição à presidência da Câmara e até a sabotagem da campanha de adversários.

Entre os repasses da JBS estão: R$ 4 milhões à bancada do PMDB de Minas, R$ 1 milhão ao deputado Marcelo Castro, R$ 10,9 milhões para empresas que lavavam dinheiro e R$ 7,8 milhões a determinados escritórios de advocacia. Por último, R$ 11,9 milhões a Cunha, pela figura de seu assessor Altair Alves.

Maioria do PSDB trai Temer em votação e causa racha na base do governo

/

O PSDB foi o partido da base do governo que mais traiu o presidente Michel Temer na votação desta quarta-feira (2). Dos 47 deputados tucanos, 21 votaram pelo prosseguimento da denúncia por corrupção passiva contra Temer.

Segundo publicou a Folha de S. Paulo, o resultado cria o já esperado racha da bancada da Câmara dos Deputados sobre o apoio ao Palácio do Planalto.

O PSDB tem quatro ministérios no governo e apesar disso, seu presidente Tasso Jereissati (CE), defende a entrega de cargos. Já Aécio Neves (MG), licenciado da presidência do PSDB, passou o fim de semana articulando a votação junto ao Planalto.

Outros quatro deputados não compareceram à votação: Shéridan (RR), Eduardo Barbosa (MG) e Pedro Vilela (AL) e Raimundo Gomes de Matos (CE). Barbosa justificou a ausência pela morte da esposa em acidente de carro.

O deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), autor do parecer favorável a Temer que foi aprovado nesta quarta-feira em plenário chamou de “pequeno problema” a decisão do partido de orientar a bancada a votar contra seu relatório.

Janot fará nova denúncia contra Temer por obstrução da Justiça

/

Do NOtícias ao Minuto – Apesar de conseguir vencer nesta quarta-feira (2) na votação da Câmara dos Deputados, barrar a denúncia e se livrar do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Michel Temer terá mais uma denúncia feita procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O procurador definiu estratégia para apresentar ao STF uma nova denúncia, desta vez sob acusação de obstrução da Justiça. Como adiantou a Folha de S. Paulo, Janot também pediu ao ministro Edson Fachin, relator do caso, para deslocar a investigação sobre organização criminosa do inquérito da JBS para outro mais antigo, que vem investigando o chamado PMDB da Câmara.

Investigação

Temer é investigado no STF em um inquérito derivado da delação da JBS sob suspeita de dois crimes: integrar organização criminosa e dar aval para o frigorífico comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lucio Funaro.

Governador busca recursos em Brasília para fortalecer Segurança Pública do RN

/

O governador Robinson Faria, em audiência com o Ministro da Justiça, Torquato Jardim, pleiteou recursos para reforçar todo o aparato da Segurança Pública do Rio Grande do Norte. O encontro aconteceu na tarde desta quarta-feira, 2, em Brasília.

 

Na ocasião, Robinson detalhou ao ministro o Plano Estadual de Segurança Pública, elaborado em sua gestão. “Apresentamos um plano com as necessidades imediatas para reforço da segurança e das ações policiais, tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar do estado. Contamos com a sensibilidade do Governo Federal para nos atender com os recursos necessários neste momento de extrema necessidade”, afirmou o governador.

 

O chefe do Executivo estadual contextualizou que o Rio Grande do Norte vivencia problemas provenientes do crime organizado e que é fundamental o apoio do Governo Federal neste enfrentamento, a exemplo do que tem sido feito em outros estados na mesma situação. Robinson ainda prestou conta das ações já realizadas pelo seu governo nesta área, incluindo o trabalho de reestruturação do sistema prisional.

Fábio Faria pede apoio a ministro para expansão de internet no RN

/

O Rio Grande do Norte deu mais um passo para implementar o projeto que vai deixar os potiguares ainda mais e melhor conectados. O Infovia Potiguar levará internet banda larga de alta velocidade a universidades, centros de pesquisa, órgãos públicos, escolas, hospitais, delegacias, bibliotecas e praças, inclusive no interior do Estado. O deputado federal Fábio Faria e o governador Robinson Faria entregaram o projeto no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e reforçaram a necessidade da rápida liberação do investimento.

“A cada dia o mundo está mais conectado, tecnológico, rápido, e o Rio Grande do Norte não pode ficar de fora, precisa de uma estrutura que facilite o acesso à informação, proporcionando a inclusão digital e desenvolvimento”, afirma o deputado. O ministro Gilberto Kassab se comprometeu a liberar R$ 15 milhões para viabilizar o projeto no Estado, que será implementado em etapas.

O secretário extraordinário de Gestão de Projetos do RN, Vagner Araújo, explica que a internet também será disponibilizada para a iniciativa privada, o que atrairá investimentos. “Uma infraestrutura de rede de fibra ótica de alta capacidade, que hoje só existe em grandes cidades, chegará ao interior e com certeza será um forte fator de atração de empresas e geração de empregos”, explica.

O ministro da Ciência e Tecnologia vai marcar uma data pra ir ao Rio Grande do Norte assinar o convênio entre Estado, Ministério, Rede Nacional de Pesquisa (RNP) e a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Natal, Região Metropolitana e todos os outros municípios já atendidos pela estrutura da Chesf serão os primeiros beneficiados.

Vereadores dão continuidade à aprovação de Projetos de Lei

/
Os vereadores da Câmara Municipal de Natal (CMN) deram continuidade, na sessão desta quarta-feira (2), à apreciação e aprovação de Projetos de Lei (PLs) propostos pelos parlamentares.
Foram aprovados os PLs do vereador Fernando Lucena (PT), que dá denominação à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) localizada à Rua Senhor do Bonfim, no Bairro Potengi; institui o incentivo à criação de Ecopontos para descarte de material reciclável no município de Natal, e dá outras providências; da vereadora Nina Souza (PEN), que subscreveu o então vereador Hugo Manso, e modifica a Lei Ordinária que dispõe sobre a iluminação externa em áreas onde estão construídas instituições religiosas cristãs; da vereadora Ana Paula (PSDC), que subscreveu o então vereador Júlio Protásio, e dispõe sobre a impossibilidade de cancelamento de forma unilateral, por parte da administradora que esteja concedendo plano ou seguro de saúde, antes do fim do contrato de prestação de serviço em relação ao cidadão do Município do Natal.
Também foram aprovados os PLs do vereador Bispo Francisco de Assis (PRB), que institui o “Dia Municipal de Conscientização da Doença Alzheimer”; e do vereador Robson Carvalho (PMB), que reconhece de Utilidade Pública Municipal a “Associação Desportiva Kyodai Natal”; e do vereador Kleber Fernandes (PDT), que reconhece a utilidade pública Municipal do Grande Oriente do Brasil – Rio Grande do Norte (GOB-RN).

Detran inicia cronograma de testes de direção veicular no interior do RN

/

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) iniciou a execução do cronograma de exames práticos de direção veicular que serão aplicados nos municípios do interior do Rio Grande do Norte durante o mês de agosto. Os examinadores iniciaram as avaliações nesta quarta-feira (02), pela cidade de Currais Novos e no decorrer do mês outros 20 municípios polos distribuídos em todas as regiões do Estado terão candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avaliados pelo Departamento.

Somente no interior, a previsão é de que cerca de 2,5 mil candidatos passem pela avaliação no mês agosto. O processo de exames realizado pelo Detran é contínuo e após um planejamento estratégico realizado pelo setor competente do Órgão, vem evitando a demanda reprimida e possibilitando que os testes sejam realizados periodicamente sem espera por parte dos usuários, como é o caso das avaliações realizadas na sede do Detran em Natal onde o usuário, muitas vezes, consegue agendar e realizar o teste prático no mesmo dia.

Os peritos analisam o conhecimento prático de volante dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médico e psicológico, e que também já concluíram a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor de sua escolha.

Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três. No caso de reprovação o candidato só poderá repetir o exame decorrido 15 dias da divulgação do resultado.

De acordo com informações coletadas pelo setor de Estatística do Detran, durante o primeiro semestre deste ano foram realizados 28.851 testes práticos de direção veicular no Estado. A média mensal deste ano corresponde a 4.808 avaliações. Atualmente, no Rio Grande do Norte existe 745.207 condutores cadastrados no Detran. Já a frota é de 1.210.720 veículos.

Cronograma de Exame Prático de Direção Veicular – Agosto 2017

02/08- Currais Novos;

03/08- Lagoa Nova;

04/08- Angicos;

07/08- Alto dos Rodrigues e Macau;

08/08- João Câmara;

09/08- São Miguel do Gostoso;

10/08- Ceará Mirim;

11/08- Extremoz;

14/08- Parelhas;

15/08- Jardim do Seridó;

16/08- Acari;

17/08- Caicó;

18/08- Jucurutu;

21/08- Caraúbas;

22/08- Apodi;

23/08- Pau dos Ferros;

24/08- Alexandria;

25/08- Patu;

28/08- Jaçanã;

29/08- Santa Cruz;

30/08- Currais Novos;

31/08- Lagoa Nova.

Após decisão, denúncia contra Temer fica parada até ele deixar o cargo

/

A denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, rejeitada pela Câmara nesta quarta-feira (2), ficará sobrestada -ou seja, permanecerá parada- até que ele deixe o cargo.

Quando terminar o mandato, o STF poderá remeter a denúncia para as instâncias inferiores darem encaminhamento ao caso.

A investigação, no entanto, pode prosseguir aberta e com diligências.

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), deve decidir em breve os próximos passos da investigação.

Nos bastidores do tribunal não se descarta a possibilidade de Fachin determinar o desmembramento da investigação e separar a parte relativa ao ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures. Ele foi filmado pela Polícia Federal correndo com uma mala com R$ 500 mil -o valor seria propina paga pela JBS.

Fachin disse a jornalistas que deve tomar uma decisão logo depois da votação dos deputados. “Assim que a Câmara tomar uma decisão, vou ordenar o processo, em seguida. Mas não vai demorar muito”, afirmou. Ele, no entanto, não quis explicar quais seriam as regras para o trâmite.

Em junho, PGR (Procuradoria-Geral da República) denunciou Temer e Rocha Loures por corrupção passiva com base na delação da JBS.

De acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Temer “recebeu para si”, por meio de Loures, a “vantagem indevida de R$ 500 mil ofertada” por Joesley Batista, sócio da JBS, e entregue na mala. A informação de que a acusação ligaria Temer à mala com propina foi antecipada pela Folha de S.Paulo.

De acordo com a PGR, o presidente recebeu os recursos “entre os meses de março a abril de 2017, com vontade livre e consciente” e “valendo-se de sua condição de chefe do Poder Executivo e liderança política nacional”. O intermediário das operações foi, segundo Janot, Rocha Loures.

No documento, a PGR diz ainda que, “além do efetivo recebimento do montante espúrio mencionado”, Temer e Loures “em comunhão de esforços e unidade de desígnios, com vontade livre e consciente, ainda aceitaram a promessa de vantagem indevida no montante de R$ 38 milhões”.

Essa é a primeira vez na história brasileira que um presidente da República é acusado formalmente de crime no exercício do cargo. Temer deve ainda ser alvo de novas acusações, conforme antecipou a Folha de S.Paulo.

A PGR avalia fazer outros pedidos de abertura de ação penal, atribuindo outros crimes ao presidente, como organização criminosa, obstrução de justiça e lavagem de dinheiro ainda com base na delação da JBS.

Além disso, a PGR pediu ao Supremo para incluir Temer na investigação que apura a suposta atuação de uma quadrilha de deputados do PMDB na Petrobras. Com informações da Folhapress.

Governo consegue barrar denúncia contra Temer

/

A Câmara dos Deputados barrou nesta quarta-feira (2) a denúncia em que a Procuradoria-Geral da República acusa o presidente Michel Temer de ter cometido crime de corrupção. No total, foram 263 votos para o ‘sim’ (que barra a investigação), 227 para o ‘não’ (que previa a abertura do processo), duas abstenções e 19 deputados ausentes.

 Às 20h41, 184 deputados haviam se posicionaram contra autorização para o Supremo Tribunal Federal analisar o caso, possivelmente levando ao afastamento do presidente por 180 dias. Outros 157 haviam sido favoráveis ao aval a essa acusação do Ministério Público, que tem como base a delação de executivos da JBS.Temer nega todas as acusações e diz que a peça assinada por Rodrigo Janot é uma “ficção” baseada em um ato criminoso patrocinado por um “cafajeste” e “bandido” – em referência à gravação feita por Joesley Batista, da JBS, de uma conversa que o empresário teve com o presidente no porão do Palácio do Jaburu.

Com a decisão da Câmara, a denúncia fica congelada até o fim do mandato de Temer, em dezembro do ano que vem.

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Com um dos menores índices de popularidade da história, na casa dos 7%, Temer é o primeiro presidente da história do país denunciado no exercício do cargo.

Desde que ficou com o mandato sob risco, ele promoveu uma série de ações com o intuito de angariar votos na Câmara, principalmente de partidos do chamado “centrão”, grupo de legenda médias e grandes, como PP, PR e PTB, que reúne cerca de 200 deputados.

Ele recebeu individualmente mais de uma centena de deputados -só nesta terça (1º) se encontrou com ao menos 35, incluindo o ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf (PP-SP), almoçou com 58 ruralistas e foi a um jantar para o qual foram convidados 100 integrantes do baixo clero.

Vários pleitos foram atendidos, como cargos na máquina federal e dinheiro para as emendas que os parlamentares fazem ao Orçamento. Nesta quarta, por exemplo, o deputado Carlos Gaguim (Podemos-TO) foi à tribuna conclamar os ministros de Temer -vários deles no plenário da Câmara- a continuar a liberar verbas para as emendas.

O ministro Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), que reassumiu o mandato de deputado para a votação desta quarta, conferia a todo momento com o deputado Beto Mansur (PRB-SP), no meio do plenário, lista com liberação de emendas aos deputados. Blairo Maggi (Agricultura) despachou de uma das cadeiras do plenário, com auxílio de assessores da pasta. Deputados chegaram a entregar aos ministros listas por escrito com seus pleitos na administração federal.

Até o fim da tarde de terça, véspera da sessão, aliados de Temer perceberam um clima de insatisfação entre deputados, principalmente do PP e do PR, que reclamavam de ter apenas a promessa do Planalto sobre a liberação de emendas. O cumprimento, porém, diziam eles, ainda não estava garantido. Com informações da Folhapress.

O teatrinho da esquerda

/

Por Bruno Barreto, Jornalista

A esquerda brasileira conseguiu uma proeza: apoia o #foraTemer, mas não tem interesse que o presidente caia.

Confuso? Não. É a política, seu trouxa!

A esquerda faz um teatrinho para manter a sua base unida, mas é só para militante ver porque rua que é bom ficou no passado recente.

Sério, você ainda não entendeu? Qual a mobilização realizada pela esquerda nos últimos dias pedindo o #ForaTemer? Nenhuma. Não há nem vai ter.

A esquerda vai adotar a estratégia tucana nos tempos do mensalão: deixar o presidente sangrar. Há uma década não deu certo afinal de contas a economia ia bem e Lula é carismático. E quando está tudo bem com o bolso o brasileiro manda a ética às favas.

Mas Temer é o presidente mais impopular da história brasileira e não tem carisma pessoal e nem liga para isso, diga-se. Talvez dê certo, se a justiça deixar e Lula conseguir voltar ao Planalto nos braços do povo.

A estratégia tem tudo para dar errado como na década passada, mas por motivos diferentes. Curiosamente tudo passa por Lula mais uma vez.

Se a esquerda dá a Rodrigo Maia a chance de ser presidente corre o risco de ver um jovem ambicioso chegar ao poder forte e sem os mesmos problemas de Temer. Certamente daria mais trabalho que um presidente conformado com o desprezo popular.

Isso é política, seu trouxa!

É pragmatismo puro. O governador petista da Bahia Ruy Costa liberou dois de seus secretários para voltar a Câmara dos Deputados apenas para se absterem. Abstenção é uma forma covarde de ajudar Temer. Tudo para que o prefeito de Salvador ACM Neto não se fortaleça para 2018.

A Realpolitik (termo alemão que significa política real) vai muito além do debate infantil na Internet. É muito mais dura que as arengas nossas de cada dia no Facebook.

O cenário de hoje é muito semelhante ao das Diretas Já em 1984. É uma versão sem povo na rua de um desejo popular. A maioria do povo quer Temer fora como queria votar para presidente há 33 anos.

As Diretas Já foi um teatrinho. A oposição consentida do PMDB lutava pelo voto direto para presidente apenas para militante ver. Nos bastidores estava tudo combinado com os setores insatisfeitos do PDS (partido da ditadura militar que se dividiu nos atuais PP e DEM) para não ter eleição popular e levar Tancredo Neves ao poder pela via indireta numa transição democrática pacifica.

Assim surgiu a Frente Liberal no PDS que depois virou PFL que indicou José Sarney vice de Tancredo. O resto da história todos nós conhecemos.

Tudo foi um grande acordo nacional, como disse há um ano o impune senador Romero Jucá.

Na hora certa Temer será escanteado pelos seus amigos de hoje. Isso trará muitos riscos (é assunto para outro texto) ao país.

É a política, seu trouxa!                                                                                                                                                                                             –