Panelaço mostra país em ebulição

Ontem ocorreu o maior panelaço de toda a gestão do capitão durante o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro. O país segue em ebulição.

A imprensa mundial noticiou. A barulheira foi ouvida nas capitais do Brasil.

Bolsonaro falou de suas realizações e tentou mostrar que enfrenta a pandemia e mantém a economia em funcionamento. Mais uma vez trouxe dados distorcidos sobre o andamento da vacinação, falando em números absolutos e não relativos ao tamanho das populações. O presidente tenta conter a deterioração da sua imagem e o crescimento dos protestos contra seu governo. Mais um está marcado para o dia 19 de junho.

Todo governo forma uma rejeição no decorrer da sua atuação. É normal. Mas Bolsonaro contraiu uma em dois anos que o PT só atingiu em 14 anos de mandatos.

A guerra cotidiana, fratura social mais não resolução das crises irão explodir o governo Bolsonaro ou o Brasil. Os dois, talvez.

Deixe um Comentário