Partido de Bolsonaro terá candidato disputando eleição de dentro da cadeia

Do Blog do Barreto – O PL, do presidente Jair Bolsonaro, confirmou neste domingo a candidatura de Wendel Largatixa, policial militar preso no último dia 20 de julho, na Operação Aquaronte, acusado de participar de um triplo homicídio, ocorrido no dia 29 de abril.

A Agência Saiba Mais ouviu o presidente do PL, o deputado federal João Maia, que negou se sentir constrangido com a candidatura de um policial preso.

“Ele vai ser candidato. Legalmente, não tem problema nenhum, ele não tem nenhuma ponderação”, disse. “Para nós, todo mundo é inocente até que se prove o contrário”, reforçou.

Wendel fará dobradinha com Evandro Gonçalves Júnior, o Sargento Gonçalves, que saiu em sua defesa ao discursar como candidato a deputado federal aprovado na convenção. “É a voz contra a bandidagem”, frisou.

Wendel é suspeito de participar de um grupo de extermínio.

Deixe um Comentário