Por que a classe política do RN não usa a vinda de Bolsonaro para pressioná-lo em torno de projetos para o nosso Estado?

A vinda de um presidente da república é um momento de muito simbolismo, principalmente a um estado pequeno como o nosso. Impressiona que a classe política local não articule uma agenda de cobrança em torno de projetos que estão parados por aqui. É algo novo e estranho.

Natal virou rota internacional do tráfico. Seria relevante obter o apoio para o scanner agora que falta ao porto para resolver o problema. A promessa é atinga mas ainda não se concretizou. Há o terminal salineiro do RN, que também passa por problemas. São apenas dois exemplos.

Deixe um Comentário