Por que apontar a mentira do bolsonarista militante não faz efeito sobre eles

O bolsonarista militante mente e não é porque foi enganado. Ele sabe o que faz. Já aprendeu o jogo com as correções, erros e acertos. Viu seu líder maior se corrigir e ser desmentido diversas vezes. Ele continua fazendo porque acha que compensa pelo objetivo: extirpar um mal maior e preservar uma moralidade superior. É um cálculo típico de ideologia radical e extremista.

Tenho acompanhado grupos bolsonaristas no whatsapp. Cada crise na imagem de Bolsonaro (apoio ao centrão, escândalos, erros, omissões) é sucedida por correntes sobre a ameaça comunista e retorno do PT. É um modo de dizer: tudo que estamos fazendo, mesmo “errado”, valerá a pena.

É por isso que trabalhar em termos de verdade X mentira simplesmente não funciona com eles. Eles sabem quando mentem. Mas a questão não é essa. Estão completamente dominados pela ideia de que participam de uma cruzada moral. Daí que qualquer desvio ou invenção vira algo perdoável em face da eliminação do inimigo.

Sim, é preciso continuar afirmando a verdade para os não bolsonaristas e para a devida manutenção adequada do debate público. Mas para os militantes mais radicais do ninho daquele que defende cloroquina e critica vacina não há convencimento. É fundamental derrotá-los nas urnas e demais espaços de disputa.

Deixe um Comentário