Porto de Natal virou várzea

A polícia federal apreendeu mais 1600 kgs de cocaína no porto de Natal. É a terceira nos últimos dias.

Controlado pelo bolsonarismo local, a promessa de resolução do problema com scanner não se concretizou.

O RN é rota do tráfico internacional. Bolsonarista é metido a durão e valente. Mas na hora de materializar um ato de inteligência contra o crime, que é o que verdadeiramente o problema demanda, zero.

Deixe um Comentário