Prefeitura do Natal acerta ao reavaliar fogos de artifício no réveillon; mas precisa ir além

O prefeito Álvaro Dias reavaliou e vai implantar a queima de fogos no réveillon da cidade. No entanto, precisa ir além. Em que sentido? Na perspectiva de fundamentar suas ações em evidências.

Passamos pelo carnatal e os casos não aumentaram de covid. O réveillon nos hotéis está liberado. O que falta para fazer a festa devida para o cidadão natalense, que não tem dinheiro para ir para os hotéis?

O professor Ricardo Valentim do Lais/UFRN já deu a letra – a vacinação está avançada, os casos estão no chão e as internações se restringem praticamente aos não vacinados. As condições epidemiológicas permitem, por enquanto, que todos possam se divertir.

Liberar carnatal, hotéis e a árvore de Natal de Mirassol, que segue um formigueiro de gente; e cancelar o réveillon parcialmente do povão é segregação.

Deixe um Comentário