“Progressismo” misógino

A ministra Damares Alves tem razão em sua reprovação a esse texto da carta capital. A matéria da CC publicada em seu último número contra “mulheres que envergonham mulheres” não é crítica, não é análise, não é jornalismo. É pura misoginia e baixaria. Veja com seus próprios olhos.

Deixe um Comentário