Prossegue o oportunismo de Álvaro Dias diante da pandemia e dos decretos

O prefeito de Natal Álvaro Dias segue com sua estratégia diversionista. Objetivamente, não tem contribuído com informação clara e alinhamento com o decreto estadual, para que a curva de contágio desacelere. Pelo contrário. Atua firmemente com judicializações e tentativas de melar restrições.

A tática funciona com o prefeito sempre colocando os pés em duas canoas e, na prática, gerando uma ação sem planejamento. Quando o sapato aperta, as UTIs lotam e as mortes se multiplicam, Dias fala em manutenção do emprego, uma forma de criticar as impopulares restrições à circulação.

Ocorre que, quando a situação melhora, ele corre para comemorar a queda nos números como se fosse o pai do novo cenário.

A região metropolitana segue com os seus hospitais lotados e até quarta feira o governo estadual precisa apresentar novo decreto, dado que o que se encontra em validade irá vencer.

Este modesto blogueiro apostar dois confeitos como Dias voltará para tentar ocupar as duas pontas, gerando, na verdade, a confusão entre ambas. Ele não pensa em pandemia, nem em economia, pensa em viabilização de sua candidatura para 2022.

Deixe um Comentário