Recuperação de 73% dos cerca de 4,9 milhões gastos com respiradores desmente discurso de Kelps na CPI da Covid

Durante diversas oportunidades, o deputado estadual Kelps Lima disse que o governo tinha atuado de forma leniente e que não poderia recuperar mais os cerca de 4,9 milhões de reais pagos a uma empresa, através do consórcio nordeste, e que deu calote nos consorciados, não entregando os respiradores.

O anúncio da recuperação de 3,6 milhões de reais pelo governo do RN desmente a tese de Kelps na CPI. Os indícios de que ele estava errado já eram bem claros. Afinal, foi o próprio governo quem denunciou a empresa para polícia federal e o tribunal de contas do estado asseverou, junto com o ministério público de contas, que não tinha ocorrido intenção de dolo pelos membros do Governo.

Agora, com o retorno de 73%, Kelps ficou sem discurso, além da clareza de que suas afirmações não tinham base factual. Tirando a pirotecnia, ele não tinha conhecimento das investigações. E se tinha, não estava sendo sincero a respeito do que sabia.

A procuradoria geral do estado continuará a agir para reaver todo o restante da verba. E, além disso, as investigações continuarão para responsabilizar civil e criminalmente os diretores da empresa.

Deixe um Comentário