Reforma da previdência de Bolsonaro não englobará servidores estaduais; governo do RN terá de apresentar proposta própria à Assembleia

O ministro da economia, Paulo Guedes, deixou claro hoje que a reforma da previdência de Bolsonaro não englobará os servidores públicos estaduais.

Com isso, ele busca simplificar a sua aprovação, além de forçar os governadores a se posicionar, dividindo o ônus político da reforma.

No RN, a governadora Fátima Bezerra, que esperava embarcar na reforma da previdência via governo federal, terá de alterar nossa previdência estadual por conta própria.

Deixe um Comentário