Se a Prefeitura do Natal tiver capacidade de endividamento, empréstimo para saneamento é bom para a cidade; ação revela a incursão eleitoral de Álvaro Dias

A Prefeitura do Natal pediu autorização à Câmara, para contrair empréstimo de 400 milhões de reais. O recurso será destinado ao desenvolvimento de ações na área de mobilidade, saneamento etc. O dinheiro sairia de bancos públicos, tais como a caixa econômica e o Banco do Brasil.

Ora, se a Prefeitura tiver capacidade de endividamento, não resta dúvida de que a operação será boa para a cidade. Até porque saneamento gera retorno em termos de saúde e qualidade de vida, para ficar apenas neste exemplo.

As obras seriam executadas até 30 de Julho de 2024, conforme cronograma da prefeitura.

POLÍTICA ELEITORAL

A data é significativa, pois revela dois aspectos. 1. Se alguém ainda acredita numa candidatura de Álvaro Dias em 2022, pode esquecer. Ele não iria abrir uma frente de obras de tal magnitude, para deixar ser realizada por terceiro. 2. Ele quer manter o controle da Prefeitura após sua saída em 2024, justamente período em que teremos eleições municipais e as obras, pelo cronograma, estarão sendo entregues. Com a vitrine, faria o sucessor e se cacifaria para outras pretensões eleitorais nos próximos anos.

Deixe um Comentário