Secretário de planejamento do governo chama membro da oposição de mentiroso e mostra números

Após Breno Queiroga, que quase foi o candidato ao governo pelo Solidariedade, partido de Kelps Lima e Fábio Dantas, dizer que Fátima poderia ter pago a folha com recursos extras de 3 bilhões em 2019, o secretário de planejamento Aldemir Freire se manifestou. Segundo Freire, “uma mentira como essa é facilmente desmascarada”.

Aldemir mostrou que o aumento de receita de 2018 para 2019 ocorreu em um patamar de 390 milhoes, dos quais 251 milhões vieram da administração folha do servidores para o sistema bancário. Depois da réplica, Queiroga silenciou.

Deixe um Comentário