Segundo Bolsonaro, “podemos viver até sem oxigênio”

Do Poder 360 – O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou neste sábado (11.jun.2022) que “podemos até viver sem oxigênio, mas jamais sem liberdade”. Deu a declaração durante encontro com evangélicos na Igreja Batista da Lagoinha, em Orlando, nos Estados Unidos.

Nós somos contra o aborto, contra a ideologia de gênero, contra a legalização das drogas. Defendemos a família, a propriedade privada, a liberdade do armamento. Somos pessoas normais. Podemos até viver sem oxigênio, mas jamais sem liberdade”, declarou.

Ao defender pautas conservadoras, Bolsonaro afirmou que “em muitos países está havendo uma luta do bem contra o mal”. Declarou ser preciso zelar pela democracia diariamente e não apenas “de 4 em 4 anos”, em referência à época de eleições.

Não basta ter um país rico se a sua política, as suas autoridades têm outro pensamento, têm o poder pelo poder. A democracia é maravilhosa, mas devemos zelar por ela todos os dias e não de 4 em 4 anos”, disse.

Sobre a economia brasileira, o chefe do Executivo repetiu que o país está “indo muito bem”, mas declarou que o mundo enfrenta “problemas sérios” por causa das consequências da pandemia da covid-19.

Estamos indo mundo bem na economia. Eu talvez tenha sido único chefe de estado no mundo contra a política de lockdown. Compramos as vacinas e não exigi, não obriguei que ninguém as tomasse. Isso se chama liberdade”, afirmou.

Depois do encontro com religiosos, Bolsonaro participou de uma motociata. Em Orlando, Bolsonaro inaugurou o vice-consulado brasileiro. O chefe do Executivo viajou para os Estados Unidos para participar da 9ª edição da Cúpula das Américas e retornará ao Brasil neste domingo (12.jun).

PoderData

Entre os evangélicos, Bolsonaro tem melhor desempenho do que Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal corrente na disputa pela Presidência

Pesquisa PoderData realizada de 5 a 7 de junho mostrou que Bolsonaro lidera e tem 49% das intenções de voto entre eleitores evangélicos para o 1º turno das eleições de 2022. Nesse segmento, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) marca 26%. Considerando o eleitorado geral, Lula tem 43% de intenção e Bolsonaro 35%.

Deixe um Comentário